Nada mais do que uma mistura de ritmos africanos, o samba se originou na Bahia no século XIX, mas criar raízes mesmo e se desenvolver aqui no Brasil foi no Rio de Janeiro. Na época se alguém fosse pego cantando ou dançando samba poderia ir parar na cadeia, sendo que o samba era intimamente ligado à cultura negra que, naquela época era mal vista devido ao extremo preconceito.

Porém, no início dos anos 40 o samba passou a ser considerado como ritmo nacional, como uma das marcar do Brasil. A partir de então foi só evolução, tanto de instrumentos como da maneira de tocar e cantar o samba, abrindo portas para uma extrema variedade.

Samba de roda, de breque, partido alto, samba enredo, bossa nova, e pagode são todos ligados, e passaram de época em época marcando a vida das pessoas que desde então não pararam mais de ouvir o samba e admirar. Sendo assim, hoje em dia não é a toa que esse seja um ritmo que uma grande quantidade de pessoas gosta muito, e que tem muitas chances de crescer cada vez mais.